outubro 09, 2007

Notícias do Tobias...


Lembram-se do Tobias?

Continua a fazer-nos companhia e muitas travessuras. É muito independente, passa o dia a vadiar pelo quintal e, apesar de bem alimentado - a despensa está cheia de latas Friskies - é exímio caçador de roedores, gafanhotos, borboletas, e outros bicharocos!

Não é mesmo nada lamechas, mas de vez em quando pede festinhas, como no dia em que, tendo começado chover lá fora, veio anichar-se no meu colo. Todo molhado, o maroto!...

8 comentários:

Carla disse...

Que lindo! Pois é, o meu gato também adora caçar mesmo tendo comida em casa... está no sangue deles! É da maneira que faz exercício ao correr atrás dos bichinhos. =P
Bjs

Anónimo disse...

boa tarde...
tenho imenso pena de não gostar de
gatos
(nem de gatas...)
mas,
adoro o seu blog!
pode continuar (mesmo com gatos)
sou a Maria de Lisboa (aquela das filhóses - com açúcar na massa -:))

Marizé disse...

Paula, o Tobias é lindo!
Eu adoro gatos, tenho 3: a Bianca Sofia, o Joe Black e o Tigrão Amarelo. Cada um com a sua personalidade.
Beijocas

Anette disse...

Que queriiiiiiiiiiiiiiido...
Adoro de paixão gatos... O Tobias é lindão! Beijinhos para ambos

Migas disse...

O Tobias é um gatão! Sabe que muitas vezes os gatinhos fazem essas caçadas para impressionar os donos, como se fosse um presente que dão lhes dão (sobretudo se ele levar os bicharocos para casa)!:o)
Eu também não era especial fã de gatinhos, preferia cães...Mas desde que tenho o Tobias (sim, é homónimo do seu), fiquei apaixonada por eles!
Ronronadelas ao tigre!

o avental disse...

Um dia deram-me uma gatinha preta, pequenina ainda, chamei-lhe Matilde, e brincava com ela no sofá da sala de TV. Veio o Bidu, um vira-lata atarracado e forte e, abocando-a, com um abanão, partiu-lhe a espinha. Morreu logo. Isto foi há anos. Nunca mais tive gatos. Está enterrada debaixo de uma ameixieira, e agora, todas as primaveras, a ameixieira cobre de pétalas brancas a minha lembrança dela.

100interesse disse...

Que fofinho!!!
Eu adoro gatos! :) São o meu animal preferido!

kuka disse...

Todos os dias me aparece nas traseiras do restaurante, uma legião de gatos esfomeados. Só se aproximam da comida que lhes dou, após eu me afastar. Nascem no mato, são muito esquivos e desconfiados, excepto 2 ou 3 mais mansos. Como as sobras são insuficientes, acabo por ter que comprar ração no lidl. O que me vale é que vão desaparecendo. Uns atropelados na estrada, outros caçados pelos animais selvagens que por aqui existem. Senão tornavam-se uma praga incontrolável. Mas gosto dos bicharocos.