junho 25, 2007

Crepes



Continuo quase sem tempo para actualizar este blog, que já foi objecto de dois posts diários!!...

Crepes faço-os há muito (basta ver o aspecto da crepière, mais velha que o avô do Obélix...), mas andava com vontade de experimentar esta receita, tirada do blog da Caroline, Les Culino-Tests, que infelizmente deixou de nos brindar com o seu invulgar sentido de humor e bom gosto na cozinha.

Mas vamos ao que interessa: todos sabemos que para se fazerem os crepes é preciso deixar repousar a massa no mínimo uma meia hora... Ora, com a minha actual falta de tempo, a sugestão da Caroline vinha mesmo a calhar. Segundo ela, aquecer o leite com a manteiga, antes de o adicionar à massa, evitava este contratempo.

Como a receita provou, cá vai, tal como ela a publicou:

Aquecer 1/4l de leite com 60g de manteiga num tacho.
Assim que a manteiga esteja derretida, retirar o tacho do lume e deixar arrefecer um pouco.
Bater 3 ovos com um garfo.
Colocar 125g de farinha num recipiente, abrir uma covinha e juntar os ovos batidos, 20g de açucar, 1 pitada de sal e bater com o batedor de varas.
Aromatizar com rum, baunilha ou outro ingrediente ditado pela inspiração do momento.
Finalmente incorporar aos poucos a mistura de leite e manteiga, mexendo energicamente.

A massa assim preparada pode utilizar-se de imediato.
Passa-se um papel de cozinha com um pouco de manteiga sobre a crepière, verte-se-lhe dentro uma concha de massa ao mesmo tempo que se roda rapidamente, de forma a cobrir o fundo com uma fina película de massa. Para tirar a foto esta operação foi prejudicada, e o crepe saiu grosso demais :)















Quando começam a aparecer as bolinhas está na altura de os virar...



















Depois toda a gente sabe o que fazer com eles, não é?
Apenas polvilhados com açucar, recheados com gelado ou enrolados com compota em forma de charuto, à la suzette... Quem lhes consegue resistir?...


As frigideiras anti-aderentes para crepes não devem ser lavadas; limpam-se o melhor possivel depois da utilização, a seco. Podem ficar feias, mas em compensação os crepes ficam cada vez melhores!

7 comentários:

Célia disse...

Parecem faceis os crepes mas quando quero uma receita que leve os ditos deixo essa para o meu marido, os seus estão muito bonitos.

kini disse...

Paula,seus crepes ficaram muito bonitos.Aqui em casa ,andam já algum tempo a pedirem crepes com gelado,acho que é desta que os vou fazer.Vou fazer esta receita.
bjs

Eliana Scaramal disse...

Estão super bonitos!!

Elvira disse...

Ficaram perfeitos! Parabéns! :-)

Cláudia A. disse...

Os crepes ficaram maravilhosos Amei a dica de não lavar a crepeira.

o avental disse...

São tantas coisas boas as que há que não se comem sequer 1/1.000 com os olhos. Mas os crepes, que tantas vezes fiz, hei-de tornar a eles. Roubava era já os da imagem de cima. Como o meu tão mal educado cão :(

Irina disse...

Que delicia!!! os seus ficam tão bonitos...
Bjinhos ;)